Category Archives: Articles

Past, Present and Future

By Margarita Rodriguez

So in everything, do to others what you would have them do to you, for this sum up the Law and the Prophets. (Mathew 7:12)

 

God has created us all to love one another.  In that endeavor we are touched by many people that come in and out of our lives and we feel a need to reflect on the past.  As the year 2014 draws to an end, our Bezerra de Menezes Center will soon approach its 30th year of existence.

With this year comes much responsibility for us on an individual and group basis.  Did that couple and founding members ever imagine that the seed they planted so many years ago would blossom into such a beautiful bouquet?

Let us now honor them with our dedicated efforts to open up the door to others who like us, are in need of the living water.  May this be an opportunity for spiritual growth and the joining of hands with the common belief we share in our Doctrine.

Our Spiritist Center, just like any other entity has material and spiritual needs that must be met.  The difference is that we function strictly through volunteers.  Then we have the spiritual plane that never abandons us, that leads us to His side and Jesus’ light.  Where do they fit in this big puzzle?  Where are those pioneers: Allan Kardec, Emmanuel, Juana De Angelis, Chico Xavier in this puzzle?  They serve as are our sources of motivation to continue on the long road, gaining our knowledge from their teachings.  We know that there is a better place for us, but it only comes through work.  What work you ask yourself?

As we end this year and begin a New Year we make so many New Year’s Resolutions.  Let us strive to treat others as we want to be treated.  This is an invitation to join in a team effort to spread the love and the charity, to wipe the tears, to feed the hungry, to clothe the needy and to practice that unconditional love that Jesus brought us and taught us through example.

Become an active member, volunteer, do some charity and spread the love!  It is contagious and once you start, you will never stop.

The current Executive Board, Fiscal and Deliberative Councils have given of themselves in a most caring and loving way.

Our Bezerra Home will forever be grateful for their efforts to make Bezerra a better spiritual home for so many.  Of special note are Eliseu Lima and Jeanette Essu who have been on the Executive Board for approximately 10 years.  They are all special people who work selflessly.

 

Thank you for your trust in us.  We remain humbled and grateful –

Margarita Rodriguez

President (2015-2016)

Bezerra de Menezes Kardecian Spiritist Center

 

“Love and Knowledge are treasures, the more you share, the more you have.”

Joanna de Ângelis (Spirit)

Share
  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Fiquem em paz…

Fiquem em paz…

Jesus, sabendo que se aproximava o momento de sua partida, aproveita a festa em comemoração a páscoa e ali faz o Sermão do Cenáculo.

Nesta bela passagem fala sobre a paz.

Diz o Mestre conforme encontramos em João 14:27; “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” Procurou Jesus preparar os corações amados para os momentos difíceis que chegariam. Somente uma alma portadora de tão imenso amor, pensaria antes na dor e sofrimento dos que estavam ao seu redor do que em seu próprio martírio.

Nesta frase Jesus revela seu conhecimento sobre as fraquezas e dificuldades de seus aprendizes. Solicita a manutenção da paz que nasce da fé e confiança nos desígnios do Pai, mesmo quando estes não coadunem com nossos desejos e aspirações.

A paz verdadeira é vivenciada por aqueles que já desenvolveram a confiança plena em Deus e que em se esforçando para vivenciar a Lei de Amor tem a consciência tranquila por terem feito o possível para cumpri-la.

Falava Jesus da paz interior, aquela que nasce em nosso íntimo e que permite estarmos em equilíbrio apesar das dificuldades exteriores. Bem diferente da paz do mundo que muitas vezes se confunde com o ócio, com a fuga ao trabalho ou com a satisfação de sermos atendidos em nossos interesses, mesmo que escusos e que trazem consequências funestas.

Paradoxalmente para conquista-la, se faz necessário a luta, não contra o semelhante, mas contra nossas tendências egoístas e viciosas que se repetem inconscientemente, automatizadas em várias existências anteriores.

Enfrentar as lutas e desafios com fé, de cabeça erguida e com confiança no amanhã, infelizmente ainda é para poucos. Na maior parte das vezes nos enfraquecemos com o medo do enfrentamento, com o rancor destruidor ou com a desilusão inesperada. Esquecemos que os corações que caminham conosco são tão imperfeitos quanto os nossos próprios e também sujeitos ao erro.

Nestes tempos tão conturbados, onde boa parte da sociedade enfrenta a violência, a falta dos recursos justos e básicos, as guerras, os desequilíbrios emocionais, as dificuldades financeiras, pretender a paz poderia ser considerado um anseio utópico. Entretanto quando analisamos os ensinamentos do Cristo compreendemos que as adversidades constituem um cenário ideal, quando não necessário, para o desenvolvimento de capacidades e virtudes latentes em nossa estrutura espiritual.

Estar em paz requer grande esforço no controle de nossos pensamentos, vigilância de sentimentos e acima de tudo o exercício do amor verdadeiro e desinteressado, que perdoa, aceita e compreende as limitações do semelhante e as suas próprias.

Pacificar-se significa vibrar na freqüência do amor universal, praticando a caridade que ampara, consola e instrui.

Umberto Fabbri

Share
  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS